Príncipe Desencantado



A crença em um príncipe encantado vem da construção de um ideal de homem: gentil, romântico, bem de vida, que daria a vida por você. Claro que esse príncipe não precisa ser encantado para existir, e até creio eu que exista por aí. A pergunta nesse momento que você deve estar se fazendo é: Por que esse lindo príncipe não apareceu ainda na minha vida? Por que os sapos que tenho beijado, se transformam em cafajestes?


Antes de ter essas respostas, gostaria que você fizesse uma reflexão: Esses insucessos afetivos são comum na sua vida? Alguém da sua família tem esse mesmo padrão afetivo? E ai, refletiu? É muito importante nesse momento que você se desapegue do que está externo a você, como por exemplo as pessoas que te desiludiram, te magoaram, as situações traumáticas, no que você perdeu materialmente, etc. Essas coisas são apenas consequências do que está programado aí dentro, da sua mente subconsciente. Foque sua atenção apenas nas condições que estão dentro de você, como seus hábitos afetivos, autocríticas, medos e inseguranças, sua autoestima e senso de autovalorização.

Analise agora se essas condições estão em equilíbrio na sua vida afetiva. Pois é, provavelmente não devem estar. E isso confirma que há dentro da sua mente uma programação de medo ou autodesvalorização. E te digo que a nossa vida gira em torno das nossas programações. Quer ver um exemplo de uma programação de medo: Se uma mulher foi criada dentro dos conflitos e brigas dos pais, logo ela vai associar casamento como uma ameça, então seu subconsciente via protegê-la dessa ameaça, pois a função principal dele é a autopreservação. E uma vez programado isso, a vida dessa mulher só atrairá homens que não prestam, para reafirmar a programação do medo.


Só que tudo isso não é consciente, e você quer sim viver um grande amor de hollywood. E merece isso! Porem quando se trata do subconsciente, ele sempre sairá ganhando, pois ele é cerca do 90% do que nós somos, sendo apenas 10% para o consciente. Respondendo agora as perguntas lá em cima, é preciso olhar para dentro de si, na sua mente subconsciente, liberando e ressignificando aquilo que hoje te impede de ter uma vida afetiva leve e feliz. E isso só é possível com a hipnoterapia avançada.


Olhe para dentro e se pergunte: por que só atraio pessoas que não me valorizam? A resposta, conscientemente será difícil de achar, porém estou aqui para te ajudar não só a descobrir como ressignificar esse conflito interno, mas como também a retomar o controle da sua vida afetiva.

27 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo