top of page

Como se relacionar bem com o dinheiro


Dinheiro é bom e todo mundo gosta, certo? Mas nem sempre gostar é o suficiente para tê-lo. É preciso aprender a se relacionar com ele assim como nos relacionamos com tudo na vida. Vamos entender como a constelação familiar pode te ajudar a equilibrar essa relação, tendo assim uma vida mais próspera financeiramente.


Bom, primeiro precisamos entender que dinheiro por dinheiro não significa nada, porém quando ele é associado a um valor, aí sim, ele se torna importante para a vida. Outro ponto importante para saber é que não ganhamos dinheiro, apenas redirecionamos ele para objetivos específicos. Ele deve e precisa circular na sua vida.


Para constelação familiar, a sua relação com o dinheiro sempre estará associada a qualidade da relação com a sua mãe. Uma mãe forte e completa dentro de um filho, o fortalece para materialização do seu propósito, tendo como consequência um maior fluxo de dinheiro, aquisição de bens materiais, uma carreira devidamente planejada, um trabalho que você sente orgulho em fazer, projeção social, empoderamento e por aí vai.



Logo para equilibrar a sua relação com o dinheiro, você precisa entender a sua relação com a sua mãe. Você valoriza a sua mãe? Julga e critica a forma como ela te criou? Acha sua mãe fraca? Submissa? Ou a acha geniosa e cruel?


Sugiro você pausar a leitura nesse momento e refletir sobre essa relação, pois é importante você ter essa consciência para trabalhar em você o conhecimento que virá logo a seguir.


Uma coisa eu te falo: nenhuma mãe é perfeita. Aliás nenhum de nós estamos próximos de sermos perfeitos, e que bom. Independente do que essa mãe tenha feito ou ainda faz, eu te garanto, ela fez o melhor que poderia fazer dentro de tudo o que ela aprendeu, vivenciou e presenciou ao longo da sua vida. Lembre-se, quando você nasceu, já existia um pai e uma mãe que apenas aprenderam a ser pais com os seus avós. Então, você pode imaginar né?


A partir do momento que você realmente aceita a sua mãe do jeitinho que ela é, sem por nem tirar, você se libera do julgamento, da necessidade de se provar pra ela, de ser o que ela espera, ou o que ela não pôde ser. E assim a fortalece dentro de você, honrando tudo o que ela fez sem julgamentos, pois como disse acima, ela fez o melhor que poderia fazer.


É assim que se estabelece o perdão na constelação familiar, quando você realmente aceita o outro como o outro é, principalmente se tratando de papai e mamãe.


Com essa liberação, você naturalmente se encaixa na sua verdade, no seu caminho, no seu propósito. E não no propósito estipulado pela sua mãe, pois você se desvincula da verdade da mamãe e se conecta com a pessoa mais importante da sua vida: você.


Bom, lembra que disse que dinheiro por dinheiro não significa nada, e que precisamos atribuir um valor a ele? O principal valor que você deve atribuir ao dinheiro é o seu propósito. E essa combinação incrível gera algo que poucas pessoas sentem ao longo da vida que é a autorrealização, pois você veio nesse mundo para ser remunerado fazendo aquilo que você ama e ponto (você mãe que está lendo, fale incessantemente isso para seus filhos, como um mantra).


Então, querem olhar para essa relação com o dinheiro e equilibra-la de uma vez por todas? Mais do que conhecer, é preciso colocar em prática. Vamos trabalhar?

54 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page